Cada dia mais ouvimos as pessoas dizendo que estão em busca de uma vida mais equilibrada e saudável. Apesar do tema ser recorrente, parece que a tão almejada qualidade de vida está cada vez mais distante, não é?

Muitas horas de trabalho, constante pressão por resultados, alta competitividade no mercado, rotina estressante, pouco tempo livre… Com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, realmente fica difícil manter a balança equilibrada e em alguns momentos acabamos priorizando alguns aspectos em detrimento de outros.

Vida pessoal ou profissional: qual deve vir em primeiro lugar?

A resposta é simples: as duas! Se você está buscando por uma vida plena, elas precisam andar lado a lado, pois são parceiras e não concorrentes. Só será possível alcançar a excelência profissional quando seus assuntos pessoais estiverem sob controle. Da mesma forma, estar totalmente satisfeito em sua vida pessoal depende de como você se relaciona com o seu trabalho.

É importante que você esteja ciente de que equiparar essa balança está em suas mãos. Isso significa que será preciso deixar as desculpas de lado, como a falta de tempo ou de dinheiro. Sabemos que esses fatores exercem grande influência em nossas vidas, mas não podemos deixar que nos limitem.

Veja se você se relaciona com essas histórias:

Está atolado de demandas profissionais e não consegue achar um tempo para ficar com a família ou praticar esportes? A reforma da sua casa está tirando o seu sono e consequentemente afetando seu desempenho no trabalho? Ou talvez esteja desmotivado pois aquela promoção que estava esperando ainda não chegou… Poderíamos listar aqui infinitas situações que exemplificam que a nossa vida é uma só, formada por uma série de acontecimentos que interferem um nos outros.

Por isso, encontrar a harmonia entre o universo pessoal e o profissional é fundamental, mas nem sempre conseguimos fazer isso sozinhos. Talvez você não saiba, mas o coaching pode ser uma ferramenta valiosa nesses momentos.

Os programas de coaching são considerados agentes facilitadores para atingir o ponto de equilíbrio entre os diversos aspectos de nossas vidas, uma vez que promovem o autoconhecimento e abrem portas para novos caminhos.

O coaching não te transformará apenas em um profissional mais qualificado, mas também em um ser humano mais evoluído. Vale a tentativa, não?