Não temos a pretensão de traçar aqui um estereótipo através de palavras bem escolhidas, mas sim gerar uma reflexão sobre o papel do líder em uma organização, pois acreditamos que o mesmo precisa ser reinventado e rediscutido em vários níveis. O cenário atual não é o mesmo que moldou a liderança de anos atrás, aquela que inspirou outras gerações através do poder, de papéis rígidos e distantes, quase sempre acompanhados com resultados parrudos e abundantes.

Assim como várias coisas, a liderança de certa forma também foi distorcida; vemos isso nos cardápios, na felicidade, na própria vida. Estamos falando de um cargo bombardeada pelo excesso de informações e opiniões. Vemos muitas pessoas buscando cargos de liderança muito mais em busca de um estilo de vida do que em busca de ganho de responsabilidade e autodesenvolvimento.

Vivemos tempos de escassez de recursos, de retração econômica e de perda de inteligência emocional. Assim, ser líder em uma organização significa assumir resultados ruins e administrar crises acima de tudo! Por trás de qualquer demissão, tem um responsável. Por trás de qualquer falência, tem assinaturas. Por trás da derrota, tem um nome!

É muito fácil na vida desejar ser líder pensando apenas no bônus que isso pode trazer, os salários, o poder, os benefícios. Mas ser líder é duro e pesado!

E não existem líderes perfeitos! Todos são seres humanos e em uma busca constante por evolução! (ok, algumas pessoas parecem não estar preocupadas com isso) Acima de tudo o líder precisa ser humilde o suficiente para buscar desenvolver as próprias competências que são  essenciais no seu dia a dia e buscar viver na prática a autoliderança, conceito precedido pela automotivação. Ou seja, um líder também é suscetível a desmotivação no dia a dia, mas ela não pode ser transparecida paras as pessoas ao seu redor.

Ser líder não é um prêmio, e por isso que é pra poucos! Ser líder é pesado, desgasta; exige maturidade e tira o sono. Ser líder é ser corresponsável pelo crescimento e desenvolvimento de outras pessoas. Lembrando que não é fácil ser responsável pelo nosso próprio desenvolvimento.

Lidere a sua vida antes de tudo, o resto vem com merecimento e dedicação.

 

Rumo-da-carreira