Quando pensamos em carreira, em que momento paramos para fazer planos? O início de uma carreira muitas vezes é “impensado”. Não só a escolha da profissão, mas o primeiro passo. É normal agarrarmos o primeiro estágio que aparece, sem saber muito sobre aquela área que estamos prestes a entrar. Isso pode, no futuro, resultar num profissional infeliz e que talvez não tenha tempo de (re)construir um caminho que esteja de acordo com seus valores.

Uma das perguntas mais injustas e perturbadoras que já me fizeram foi: “como você se vê daqui 10 anos?”.  Acredito que o grande problema não estava na pergunta em si, mas principalmente porque sempre pensei na resposta colocando lá na frente meus sonhos, sem pensar em como poderia transforma-los em realidade.  

Destaque-na-profissao

O que devemos fazer então para alcançar o futuro que queremos? Aqui vão 5 dicas para construir suas metas, pensando num melhor desenvolvimento pessoal e planejamento de sua carreira:

    1. Faça sua meta específica: quanto mais certeira for sua meta, maior a possibilidade de você atingi-la. Se seu objetivo é morar fora, crie sua meta pensando no mês e ano que você vai, para que cidade deseja ir, e o que deseja fazer lá. Por exemplo: minha meta é mudar para Chicago, em julho de 2020, para fazer meu doutorado na University of Chicago.
    2. Sua meta tem que ser mensurável! Uma forma simples de exemplificar isso é pensar nos nossos investimentos. É desejo de muitos guardar dinheiro. Mas quanto? Desejo não é meta. A meta num caso assim poderia ser escrita assim: “vou guardar R$ 835 por mês nesse ano para chegar ao fim do ano com pouco mais de R$ 10 mil.” Se quiser pensar no lado pessoal, pense em perder peso. O mensurável aqui é você dizer quantos quilos quer pesar, e não quantos quilos quer perder.
    3. Dá para alcançar sua meta? Suas metas devem ser desafiantes, mas possíveis de alcançar. Se você colocar uma meta muito acima de sua realidade, logo você estará desanimado e pensando em desistir. Se o que você quer não faz parte de sua realidade, crie metas para chegar lá. Ao invés de dizer “quero ser CEO da empresa até o fim do próximo mês”, você pode estabelecer uma meta assim: “quero ser promovido a gerente em até 2 anos. Depois disso, vou fazer uma pós graduação. Em 10 anos quero ser diretor. E com 5 anos de diretor, quero ser CEO.”.
    4. Quão relevante é sua meta para você? A meta torna-se mais relevante quando está ligada ao propósito de vida, aos seus valores. Procure traçar metas que o levem a um sentimento de realização. A sensação de meta alcançada compensa qualquer esforço feito no caminho.
    5. Quando você alcançará sua meta? As metas tem que ser alcançadas dentro de um período de tempo específico. Não existe meta em aberto, e nem data em aberto para alcançar a meta, certo? Se sua meta é mudar de emprego, escreva “vou mudar de emprego dentro de seis meses”.

Ajudamos? Esperamos que vocês usem essas dicas e que daqui para frente não tenham medo, e sintam-se seguros quando alguém perguntar: o que você espera do seu futuro?